Posso fazer estágio durante a minha Pós-Graduação?

fazer estágio durante a pós graduação
Compartilhe

Um aluno de Pós-Graduação pode fazer estágio? Pode parecer uma dúvida simples, mas acredite: muitas pessoas não sabem que a resposta é “sim”. Diferentemente do que se associa, graduados em uma determina área ao ingressarem na Pós-Graduação estão aptos para realizar estágios novamente.

A definição, a classificação e as relações de estágio estão previstas na Lei 11.788, de setembro de 2008. Ela prevê que, para efeitos legais, cursos de Pós-Graduação são parte integrante do Ensino Superior. Assim sendo, os estudantes deste nível gozam dos mesmos privilégios que os alunos de graduação e, por essa razão, é permitido a eles realizarem estágios.

Estágios para alunos de Pós-Graduação

Infelizmente, embora a regra seja exatamente a mesma, não são apenas os alunos que desconhecem esse fato, mas também as empresas. Por essa razão, não é muito comum vermos as companhias ofertando vagas de estágio dentro de uma área de especialização. No entanto, tecnicamente nada impede um estudante de Pós-Graduação de ser contratado dentro dessa modalidade.

Assim como ocorre na graduação, o período máximo de estágio dentro de uma empresa é de dois anos e a carga horária diária não pode ser superior a 6 horas.

Nem sempre o estudante de Pós-Graduação possui ampla bagagem e vivência na área em que se graduou. Recém-formados, muitos ainda estão em busca de oportunidades no mercado de trabalho. Ao ingressarem em uma Pós-Graduação, os alunos buscam justamente adquirir conhecimentos sobre um segmento específico e ampliar o networking.

Como muitos dos cursos de Pós-Graduação são práticos e desenvolvidos com foco nas exigências do mercado de trabalho, essa pode ser uma oportunidade de ter acesso a profissionais mais qualificados e capazes de indicar vagas interessantes em grandes empesas. E é nessa situação em que o estágio pode ser uma ótima opção para quem deseja complementar a bagagem profissional.

Vantagens e desvantagens do estágio na Pós-Graduação

Se por um lado essa é uma grande vantagem para os estudantes de Pós-Graduação em termos de possibilidade de adquirir conhecimento, por outro em termos financeiros os estágios podem representar um período mais longo de sacrifício.

Fazer um estágio como pós-graduando, na maior parte das vezes, representa renunciar a salários maiores, ou seja, pode exigir um certo sacrifício financeiro. Neste caso em específico, a pessoa já formada faz isso pensando a longo prazo. Ela até pode ganhar menos durante um período, mas está em busca de dar uma direção à carreira, aprimorar o currículo com outras experiências para, depois, ir atrás de novas oportunidades profissionais e melhores salários.

É importante se informar com a instituição de Ensino Superior sobre as oportunidades de estágio disponíveis para a sua área de atuação. Dessa forma, você incrementa seu currículo e aumenta sua experiência na área.

Para serem produtivos, estágios devem ser objetivos

Você pode estar se perguntando: o que difere um estágio voltado para um aluno de graduação de um estágio destinado a pós-graduandos? Em teoria, as oportunidades de estágio para alunos já graduados tendem a ser mais objetivas. Uma empresa tem um problema específico e deseja um profissional que já chegue com um certo nível de conhecimento, ainda que não esteja pronto para todas as tarefas.

No entanto, não há nenhum item na legislação que indique a necessidade de existir uma diferença salarial entre um estudante já formado e outra ainda universitário. Em outras palavras, para que o estágio na pós-graduação valha a pena, há que se observar não apenas a remuneração, mas principalmente a descrição do trabalho que será realizado.

Se estivermos falando de uma empresa de grande porte ou que dê oportunidades de crescimento para os estagiários, então vale a pena pensar nesta porta de entrada como uma alternativa de médio e longo prazo para obter uma futura colocação no mercado. Caso contrário, se a meta for um salário maior em curto prazo, oportunidades para profissionais graduados podem pagar um pouco mais, ainda que nem sempre ofereçam boas perspectivas de crescimento.

Sob a ótica das empresas, o estágio para pós-graduandos não deve ser encarado como uma oportunidade de obter profissionais mais qualificados por salários menores. Pelo contrário. A ideia é que os estudantes de Pós-Graduação, justamente por já serem graduados, tenham oportunidades de desenvolver trabalhos mais qualificados e com melhor remuneração. Nesse cenário, todos teriam a ganhar com essa oportunidade.

É importante se informar com a Instituição de Ensino Superior sobre as oportunidades de estágio disponíveis para a sua área de atuação. Dessa forma, você incrementa seu currículo e também sua experiência na área. Experiência nunca é demais quando o assunto é mercado de trabalho, portanto fique ligado!

Caso você tenha outras dúvidas sobre pós-graduação, deixe seu comentário ou entre em contato conosco!

14 comentários

  1. Boa tarde.
    Gostaria de saber se a Unipar possui alguma opção de pós-graduação na área jurídica em cuja grade curricular esteja prevista a necessidade de estágio.
    Grata

  2. Ola boa noite,estudo ma faculdade da cidade de salvador o curso de pos graduação em pisicologia organacional , posso fazer estagio entraves dessa instituição?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *