A Universidade Paranaense – Unipar está sempre investindo para oferecer o que há de melhor a seus alunos, seja no ensino presencial, semipresencial ou a distância. Nas três modalidades, a Unipar congrega cerca de dezoito mil alunos.

Para iniciar 2019 com motivação, a Diretoria Executiva de Gestão da Educação a Distância promoveu o 4º Encontro dos Professores da Educação a Distância, na Unidade de Umuarama. O foco foi capacitá-los para melhorar a performance em gravações de aula.

Continuar lendo

Ano após ano, a Educação a Distância ganha cada vez mais espaço no mercado educacional brasileiro. O crescimento das matrículas em EaD cresceram 17,6% de 2016 para 2017, de acordo com o Censo de Educação Superior divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), registrando o maior salto desde 2008, com mais de 1,8 mi de estudantes matriculados.

Continuar lendo

Entre os dias 17 a 21 de setembro de 2017, a equipe da UNIPAR EAD, coordenada pela Diretora Executiva de Educação a Distância, Profª. Me. Ana Cristina de Oliveira Cirino Codato, juntamente com a Coordenadora dos Cursos de Gestão, Profª. Drª. Isabel Cristina Gozer, a Tutora Mediadora Daiany dos Santos Silveira e o Coordenador de Expansão e Gestão de Polos EAD, Ricardo Zambrano Júnior, participaram do evento 23º CIAED – Congresso Internacional ABED de Educação a Distância, em Foz do Iguaçu.

Continuar lendo

Ninguém mais duvida de que o Brasil é hoje uma das maiores potências agrícolas do planeta. Graças a agricultores competentes e investimentos em tecnologia tropical, tornamo-nos líderes globais em importantes commodities. Grãos, açúcar, café e algodão são exportados com base em cotações de Bolsas e chegam a mais de 200 países. Mas a pergunta que fica é: estamos conseguindo entender e atender as expectativas de nossos consumidores finais? Nosso único papel é vender commodities ou há outras oportunidades que não estão sendo exploradas?

Temos hoje quatro grandes vetores que puxam a demanda do agronegócio no mundo:

Continuar lendo

A tecnologia chegou no mundo educacional e para ficar. Análises em universidades do mundo inteiro apontam um crescimento significativo no número de inscritos na modalidade da educação a distância em relação ao presencial convencional e existem algumas explicações por trás disso.

Mercado

As universidades enxergaram na educação a distância uma forma de ampliar seus horizontes e alcançar mais pessoas. O investimento em estrutura para dar aulas online é bem mais simples que uma estruturação para receber alunos do ensino presencial e isso faz com o preço mensal também seja reduzido para o aluno. Dessa forma a universidade consegue alcançar mais pessoas e tornar a educação mais acessível. Com as universidades apostando nessa modalidade, a população começou a vivenciar uma nova maneira de conquistar um diploma e dá-se o destaque para a educação a distância

Derrubando mitos

A principio, pareceu até um pouco estranho a ideia do aluno se formar sem sair de casa, mas aos poucos essa imagem esta sendo mudada. Órgãos como o MEC tem de aprovar a estrutura de apoio e transmissão das aulas, além do seu corpo docente e planejamento de aulas e conteúdo, como em qualquer universidade. Isto faz com que as universidades tenham que se especializar bem neste meio garantindo a qualidade de ensino e apoio ao aluno. Portanto, não é qualquer universidade que pode atuar com essa modalidade, fique atento!

Outro mito derrubado é a ideia de que é mais fácil se formar pela educação a distância. Muito pelo contrário! O aluno que estuda a distância precisa ser muito mais organizado e focado devido à quantidade de atividades que são desenvolvidas e os prazos de entrega são rígidos.

Vantagens para o aluno

Este é o tópico que realmente fez o mercado da educação a distância ferver nos últimos anos. O aluno tem inúmeras vantagens desde o preço das mensalidades à flexibilidade de horários. A educação a distância proporciona ao aluno uma autonomia maior para acessar conteúdos e remanejar seus horários de estudos de acordo com a rotina do dia a dia – uma grande parte dos alunos a distancia também trabalham no período do dia. Outro ponto forte é a interação entre os alunos e professores, visto que, muitas pessoas são tímidas e, através da tecnologia, conseguem se expressar melhor tirando suas dúvidas e conversando sobre as aulas. Para quem mora longe ou em cidades de pequeno porte também ficou mais fácil estudar com a educação a distancia e por lidar com tecnologia, muitas pessoas acabam desenvolvendo habilidades que já serão necessárias no mercado de trabalho.

Poderíamos falar sobre as vantagens de estudar a distancia por horas, mas agora é a sua vez. Você estuda a distancia? Tem vontade? Conhece alguém que estuda a distancia? Comente!