O período da graduação é um período especial para qualquer pessoa. É onde encontramos as repostas para muitas questões que estão implícitas em nosso desenvolvimento e que apenas a vivência nos faz compreender. Também é onde a maioria das pessoas começam a se planejar para o futuro e a independência plena.

Para quem é o proativo, as oportunidades e possibilidades de carreira já começam a surgir neste período de graduação, e a pro atividade é um requisitos mais valorizados e procurados pelas grandes organizações. Mas como saber se você é proativo? É muito simples! Basta a auto-observação.

Continuar lendo

Atualmente, vivemos em um mundo onde a tecnologia é utilizada com forma de facilitação. Na educação não é diferente e antes quem pensava ser difícil conquistar uma graduação, já pensa em conquistar mais de uma.

O acesso a educação esta se tornando cada vez mais fácil, a evolução do mercado de trabalho é natural e faz com que o profissional que almeja crescimento na carreira se dedique um pouco mais em suas qualidades. O segundo diploma na modalidade de educação a distância aparece como uma ótima alternativa para o profissional crescer.

Relembre neste post as vantagens da EAD aqui.

Continuar lendo

Este post é para você que já está no mercado de trabalho e está sentindo na pele como são as relações de trabalho dentro de uma organização. Nosso próprio subconsciente cria algumas armadilhas que precisamos estar atentos para que não prejudiquem sua carreira. Aí vão algumas delas!

1) “Sou bom em tudo” – Se você tem excesso de confiança em suas competências, ligue o sinal de alerta. Isto pode fazer com que você fique orgulhoso demais para pedir ajuda e isto não é nada legal.

Continuar lendo

É impossível pensar na formação de uma sociedade sem falar em educação. O conceito da educação de alta qualidade desde a formação de cada pessoa já é a premissa básica do planejamento de todas as nações ao redor do mundo. Mas como trabalhar a educação de forma eficaz envolvendo recursos governamentais, sistemas de educação, conteúdo didático, professores e alunos? É aí que você, futuro pedagogo, irá atuar!

Continuar lendo

Em posts anteriores, falamos sobre o mercado de trabalho e suas exigências com o profissional moderno. Observamos uma série de qualificações que vão da personalidade à formação acadêmica do cidadão e isto nos fez pensar de um outro ponto de vista. Já sabemos o que as empresas buscam, o que o mercado pede e o que você precisa para se destacar nele. Mas afinal, o que você quer?

Continuar lendo

A tecnologia chegou no mundo educacional e para ficar. Análises em universidades do mundo inteiro apontam um crescimento significativo no número de inscritos na modalidade da educação a distância em relação ao presencial convencional e existem algumas explicações por trás disso.

Mercado

As universidades enxergaram na educação a distância uma forma de ampliar seus horizontes e alcançar mais pessoas. O investimento em estrutura para dar aulas online é bem mais simples que uma estruturação para receber alunos do ensino presencial e isso faz com o preço mensal também seja reduzido para o aluno. Dessa forma a universidade consegue alcançar mais pessoas e tornar a educação mais acessível. Com as universidades apostando nessa modalidade, a população começou a vivenciar uma nova maneira de conquistar um diploma e dá-se o destaque para a educação a distância

Derrubando mitos

A principio, pareceu até um pouco estranho a ideia do aluno se formar sem sair de casa, mas aos poucos essa imagem esta sendo mudada. Órgãos como o MEC tem de aprovar a estrutura de apoio e transmissão das aulas, além do seu corpo docente e planejamento de aulas e conteúdo, como em qualquer universidade. Isto faz com que as universidades tenham que se especializar bem neste meio garantindo a qualidade de ensino e apoio ao aluno. Portanto, não é qualquer universidade que pode atuar com essa modalidade, fique atento!

Outro mito derrubado é a ideia de que é mais fácil se formar pela educação a distância. Muito pelo contrário! O aluno que estuda a distância precisa ser muito mais organizado e focado devido à quantidade de atividades que são desenvolvidas e os prazos de entrega são rígidos.

Vantagens para o aluno

Este é o tópico que realmente fez o mercado da educação a distância ferver nos últimos anos. O aluno tem inúmeras vantagens desde o preço das mensalidades à flexibilidade de horários. A educação a distância proporciona ao aluno uma autonomia maior para acessar conteúdos e remanejar seus horários de estudos de acordo com a rotina do dia a dia – uma grande parte dos alunos a distancia também trabalham no período do dia. Outro ponto forte é a interação entre os alunos e professores, visto que, muitas pessoas são tímidas e, através da tecnologia, conseguem se expressar melhor tirando suas dúvidas e conversando sobre as aulas. Para quem mora longe ou em cidades de pequeno porte também ficou mais fácil estudar com a educação a distancia e por lidar com tecnologia, muitas pessoas acabam desenvolvendo habilidades que já serão necessárias no mercado de trabalho.

Poderíamos falar sobre as vantagens de estudar a distancia por horas, mas agora é a sua vez. Você estuda a distancia? Tem vontade? Conhece alguém que estuda a distancia? Comente!

A aula talvez seja o momento em que o aluno mais preste atenção no conteúdo. O cérebro capta várias informações em áudio e imagem e vai guardando os pontos que você mais se interessou na memória. E ainda existem aqueles alunos que gostam de escrever enquanto o professor explica o conteúdo e então algumas informações podem passar sem ter a atenção de que precisam.

Para sanar este problema e você conseguir guardar ainda mais informações importantes para a sua formação, é simples: a aula também tem de ser estudada. E para o aluno EAD ainda é mais fácil, pois a aula fica disponível online para que possa ser assistida quantas vezes forem necessárias. Unir as explicações dadas durante a aula com as referências dadas pelos professores faz com que você consiga sintetizar todo o conhecimento e assim facilitar seu entendimento.

Isto é uma questão de hábito e organização. Toda a estrutura de docência já tem uma ordem cronológica propícia para a assimilação do conteúdo – sendo assim uma organização por partes. A questão é que quando você desenvolve o hábito de revisar as aulas junto às referências, isto se torna um exercício padrão de estudo de alto nível e quando por ventura você não conseguir estudar as aulas, achará até um pouco estranho e sentirá falta.

Faça o teste! Comece a estudar também as aulas dadas e depois comente conosco a diferença que você sentiu na assimilação do conteúdo.