Aprenda 5 técnicas para controlar a ansiedade durante uma entrevista de emprego

Pessoas que estão em busca de um novo emprego tendem a criar grandes expectativas durante um processo seletivo. Como querem conquistar a vaga, é comum que demonstrem ansiedade desde o envio do currículo, até as últimas etapas do processo. Entretanto, é preciso saber controlá-la.

A ansiedade fica visível no corpo de quem está a sentindo: voz trêmula, pernas inquietas, mãos suando. E, por mais que seja comum, se exagerada, pode atrapalhar o candidato ao mostrar o quanto está interessado na oportunidade.

Algumas técnicas, no entanto, podem auxiliar os concorrentes a diminuírem o nervosismo: evitam que a ansiedade atrapalhe a desenvoltura e ajudam com que ela seja vista como preparação para novas situações. Vamos falar um pouco sobre elas a seguir:

1) Aceite a existência da ansiedade – Tentar mascarar a ansiedade é um grande erro. Ela existe e aparece com frequência em diversos momentos da nossa vida. Quando aceitamos que estamos ansiosos para alguma situação, conseguimos controlá-la com mais facilidade: identificamos o que realmente está nos deixando nervosos para trabalhar como melhorar esses problemas.

2) Esteja preparado para a entrevista – Um candidato nunca pode ir para uma entrevista sem estudar a empresa contratante, o mercado na qual ela está inserida e os requisitos da vaga para a qual está concorrendo. Além disso, é importante que ele reveja todos os tópicos do currículo, para não esquecer de citar nenhuma experiência importante durante a conversa.
Eventualmente, o profissional será questionado sobre suas habilidades, suas expectativas dentro da organização e como planeja desenvolver sua carreira – e precisa estar preparado para isso. Por isso, estudar algumas perguntas e respostas no dia anterior também pode ajudar a deixar o candidato mais seguro em suas convicções.

3) Controle sua respiração –  A ansiedade dá a sensação de que não estamos respirando direito. Antes de entrar na entrevista, procure acertá-la. Vá até um ambiente tranquilo, conte até 10 enquanto respira profundamente e procure manter a calma. Se a respiração voltar a ficar rápida durante a entrevista, tente corrigi-la novamente.

4) Seja positivo –  Durante um processo seletivo, é preciso saber confiar em si mesmo. A negatividade e a falta de esperança atrapalham na desenvoltura do candidato. O profissional deve pensar positivo em relação à oportunidade – se chegou até a fase final do processo, significa que seu perfil é diferenciado.

5) Esteja concentrado: saiba ouvir – A ansiedade faz com que os candidatos tenham pressa em responder os questionamentos do entrevistador. Entretanto, é preciso ficar atento aos cortes: só responda no final da pergunta e evite ficar cortando as falas do gestor – essa atitude pode ser interpretada como falta de educação. Para responder de forma concisa e convincente, o profissional deve ficar atento a cada pergunta e analisar o que exatamente o entrevistador quer ouvir.

Além disso, o ideal em uma entrevista é que haja interação entre gestor e candidato. Por isso, o profissional deve ter cautela na hora de se posicionar: fale apenas o necessário, evite informações irrelevantes e mostre-se articulado.

1 comentário

  1. Obrigado por compartilhar essas dicas, me ajudou muito. Sou super ansioso e fico muito nervoso quando tenho que falar em público. Recentemente, perdi uma oportunidade de emprego porque acredito que os entrevistadores perceberam meu nervosismo. Fiquei muito chateado porque eu precisava muito desse emprego e a ansiedade me deixou nervoso.
    Tenho que trabalhar muito meu emocional. Parabéns pelo site!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *